Encontre rapidamente um(a) babysitter

À procura de um trabalho de babysitting?

Ajudamo-lo a encontrar uma babysitter de confiaça na sua vizinhança

12 495 babysitters ativas
Gratuito para babysitters
Acessível para as famílias
Serviço seguro de mensagens
Avaliações e referências úteis
Verificações de confiança dos utilizadores
Mapa

Atenção! Novas funcionalidades

Encontre um tutor online ou uma babysitter à distância

Devido ao surto de COVID-19, muitas famílias estão a ter dificuldades em encontrar um equilíbrio entre trabalhar de casa, cuidar dos filhos e educá-los. Com as novas funcionalidades da Babysits, as babysitters podem ajudar de forma simples e segura as famílias.

Como funciona

1. Pesquisar

Veja as avaliações e os perfis. Pesquise por trabalhos em full ou part-time, ajuda ocasional ou de última hora.

2. Contactar

Selecione, faça entrevistas e a sua escolha final. As famílias não nos pagam até contactarem um(a) babysitter. Os/as babysitters podem enviar mensagens gratuitamente.

3. Planear marcações

A calendarização é simples. Certificamo-nos de que se mantém organizado através do envio de lembretes.

Ideias, dicas e atividades para fazer com crianças

Procura ideias para sessões de babysitting, dicas de parentalidade e atividades para fazer com crianças? Leia os nossos materiais da comunidade!

Mapa

Temos sempre uma boa babysitter na sua zona.

Com 12 495 babysitters registados(as), temos sempre um(a) babysitter disponível para si, na sua zona. Veja rapidamente os/as babysitters disponíveis nas proximidades!

Ver todas os/as babysitters

Avaliações e referências úteis

Descubra babysitters e famílias através dos seus perfis, referências e avaliações.

Precisamos da sua ajuda!
Estamos a fazer um apelo a todos os profissionais de cuidados infantis qualificados para se inscreverem e atualizarem a sua disponibilidade na plataforma Babysits. Ler mais
Queremos ajudar aqueles que estão trabalhar incansavelmente nesta crise e que podem necessitar de babysitters qualificados neste momento: médicos, enfermeiros, farmacêuticos e todos os que continuam a trabalhar para manter os serviços mínimos.
Devem ser seguidas as orientações fornecidas pelas autoridades locais.