Verão seguro com crianças: dicas e factos importantes

Verão seguro com crianças: dicas e factos importantes

Por Babysits
12 minutos de leitura

As melhores dicas para o Verão com crianças: como estar seguro ao sol, à beira-mar ou na piscina e, acima de tudo, divertir-se este Verão!

O Verão chegou: dias ensolarados, brisas quentes e férias relaxantes junto à piscina. Com todo o entusiasmo que esta estação traz, pode ser fácil ser-se levado pela diversão e esquecer os seus perigos e as medidas de segurança necessárias para os evitar. Infelizmente, os dias quentes de Verão podem também trazer consigo grandes riscos, incluindo: afogamentos, queimaduras solares ou doenças provocadas pelo calor, e outros riscos relacionados com as viagens, tais como intoxicações alimentares, reações alérgicas, ou até perderes de vista a tua criança.

Este artigo dar-te-á as dicas mais cruciais, assim como algumas inesperadas, que precisas de considerar para teres o Verão mais seguro e divertido com os teus filhos!

Dicas de segurança na água

Porquê que é importante ter regras de segurança na água?

Uma piscina no quintal promete diversão sem fim no Verão, mas também vem com a responsabilidade de manter os pequenos destemidos fora de perigo. É assim que todos podemos trabalhar em conjunto para ajudar a prevenir acidentes relacionados com a água.

As regras de segurança na água para crianças mais importantes

5 Técnicas de sobrevivência que as crianças devem saber

Ensinar às crianças algumas competências básicas de sobrevivência pode ajudar a salvar-lhe a vida. Também podes fazer da aprendizagem um jogo para os ajudares a lembrarem-se destas dicas se alguma vez precisarem delas!

Aqui estão 5 coisas que podes ensinar ao teu filho para tornar o seu dia na praia ou na piscina mais seguro e divertido para todos.

Mantém a calma e flutua

Não importa quão grande ou pequena seja a massa de água, ensina os teus filhos a manter a calma e a flutuar de costas se alguma vez estiverem em apuros. Acenar, gritar e mover-se pode fazê-los desperdiçar energia preciosa e pode levá-los a afogar-se.

Olha antes de saltares

Quer seja um lago, um rio, o mar, ou uma piscina, ensina os seus filhos a estarem sempre atentos ao ambiente que os rodeia. É fácil calcular mal a profundidade de um corpo de água ou, se a água for lamacenta, magoar-se porque não se consegue ver o fundo.

Atenção aos outros

Ensina o teu filho a cuidar das outras crianças, especialmente as mais novas. Nunca devem ir atrás de alguém em perigo sozinhos, mas sim gritar por ajuda e chamar a atenção de um adulto.

Sai da água sem usar a escada - Trepar a borda

Saber como sair em segurança de uma piscina sem degraus ou uma escada é uma habilidade importante que deves mostrar ao teu filho. Também lhe podes chamar cotovelo, cotovelo, joelho, joelho.

  1. Pede à criança que se agarre à parede com as duas mãos
  2. Coloca-lhe o primeiro cotovelo no topo da borda da piscina
  3. Levanta o seu outro cotovelo até à borda
  4. Puxa o seu corpo para cima de forma a que a sua barriga esteja deitada na borda da piscina
  5. Fá-la colocar o joelho na borda e ganhar impulso para uma saída segura da piscina

Lembra-te de que esta técnica apenas funciona em piscinas, pois as crianças podem agarrar-se às bordas. Simplesmente agarrar a borda da piscina é também algo que deves definitivamente ensinar aos teus filhos. Em momentos em que as crianças fiquem aflitas na água, esta ação pode ajudá-las a encontrar a saída mais próxima. Mesmo numa piscina, o teu filho pode facilmente ficar desorientado e em pânico, por isso é importante explicar como procurar o lado da piscina e agarrá-la com facilidade e calma.

Uma piscina no quintal não significa segurança garantida

Mesmo que tenhas uma piscina em casa, é importante seguires as regras e nunca deixares os teus filhos sem supervisão. Um ambiente familiar pode dar-te uma falsa sensação de segurança, tornando-se possivelmente mais perigoso do que qualquer outro ambiente.

segurança piscina crianças

Dicas de segurança na água que podes não conhecer

Prende o cabelo

Embora a natação seja uma das atividades mais esperadas nesta época, pode ser uma das mais arriscadas. De facto, os filtros de piscina podem ser muito perigosos. É por isso que é importante atar o cabelo dos seus filhos para que não fique preso num destes filtros.

Verifica os filtros da piscina

Verifica sempre os filtros da piscina para ver quão forte é a potência do vácuo antes de deixares as crianças nadar. Já aconteceram vários acidentes em que as crianças ficaram presas no filtro e se magoaram.

Buddies de Natação

Nunca deixes as crianças nadar sozinhas, define sempre companheiros (“buddies”) de natação antes de visitarem a praia ou a piscina. Ter um buddy de natação pode tornar a experiência do teu filho muito mais segura e divertida, especialmente em águas abertas! Se o teu filho não conseguir encontrar um companheiro de natação, certifica-te de que ficas a vigiá-lo de perto e que nada perto do posto de nadadores-salvadores.

*Facto de Segurança da Água: Há correntes poderosas que fluem para longe da costa. Se fores apanhado numa corrente, não tentes nadar contra ela. Em vez disso, nada na mesma direção que a rebentação até estares fora da corrente.

Dicas de segurança solar

Porquê que a segurança solar é importante?

Durante os meses de Verão, as atividades ao ar livre estão em pleno andamento e a exposição solar está no seu máximo. É por isso importante ensinar às crianças que um Verão saudável e seguro começa com a proteção da sua pele! Expor-se ao sol sem as devidas precauções pode aumentar o risco de cancro da pele, danificar a pele e os olhos, assim como enfraquecer o sistema imunitário. Isto não é algo que as crianças alguma vez considerem antes de correrem para o exterior a brincar, por isso estamos aqui para ajudar a garantir que estão plenamente informados sobre a melhor forma de as proteger e evitar tais consequências.

As regras de segurança solar mais importantes

Coloca protetor solar

Ficar demasiado tempo ao sol pode levar a queimaduras solares e mesmo a cancro da pele. É importante tomar medidas, tais como a utilização de protetor solar, para te protegeres a ti e à tua família dos raios ultravioleta (UV) nocivos do sol.

Como colocar protetor solar corretamente protetor solar crianças

*Facto de Segurança Solar: Mesmo que o céu pareça estar cinzento ou nublado, isso não significa que os raios UV do sol estejam completamente bloqueados e não nos possam prejudicar. Aplica protetor solar à mesma.

Descansa à sombra

Evita estar no exterior durante os momentos mais quentes do dia. Se já estiveres no exterior, encontra a sombra mais próxima ou considera regressar para uma atividade interior como desfrutar de uma bebida fresca ou de alguma fruta para arrefecer e ganhar a energia necessária para lidar com o calor. Espreita este artigo para algumas atividades que podem fazer no interior enquanto esperam que passem as horas mais quentes do dia!

Usa óculos de sol

Sabias que o sol também pode prejudicar os nossos olhos? Os danos solares nos olhos podem resultar numa córnea danificada e, mais tarde na vida, em cataratas. Usar óculos de sol com 100% de proteção UV é a melhor abordagem para protegeres os teus filhos dos perigos.

Permita que as crianças escolham o seu próprio par de óculos de sol para que tenham mais probabilidades de os usar em qualquer altura. Talvez escolham um par com os seus personagens de desenhos animados preferidos, molduras coloridas, ou um formato diferente!

Nunca deixes as crianças no carro

Nunca deixes o teu filho sem vigilância no carro, nem mesmo por um breve momento. Se tiveres de deixar o teu carro por qualquer razão, leva sempre o teu filho contigo. O calor é o principal risco que afeta as crianças deixadas sem vigilância no carro. As crianças podem sofrer uma insolação, desidratação rápida, asfixia e até morte. Isto acontece porque os carros podem ficar muito quentes muito rapidamente. De facto, quando os carros estão estacionados, demoram menos de 5 minutos a aquecer a temperaturas que podem prejudicar seriamente as crianças.

Dicas de segurança solar que podes não conhecer

1. Vigia a pele da criança

É importante conheceres a pele dos teus filhos para que saibas o que é normal, e verificá-la regularmente para poderes detetar novas manchas ou irregularidades. Quaisquer alterações na pele devem ser verificadas pelo seu pediatra ou médico de família. Para mais conselhos sobre a melhor forma de vigiar a pele quanto a cancro de pele, visite este website .

2. Veste roupa que te proteja do sol

Escolher roupa capaz de proteger a pele do teu filho do sol é muito importante. Roupa protetora contra o sol é exatamente o que parece - proporciona uma barreira entre a criança e o sol. É especificamente concebida e produzida a partir de um tecido que é classificado pelo seu nível de protecção UV e há muitos tipos de roupa de proteção solar leve disponíveis, com vários níveis de protecção UPF. Para verificares se a roupa dos teus filhos é adequada, coloca a mão dentro da roupa e certifica-te de que não consegues ver através dela.

A melhor proteção solar para os bebés é a sombra; eles têm uma pele mais fina do que a dos adultos e, portanto, têm níveis de melanina subdesenvolvidos, pelo que a sua pele arde mais facilmente. Mantém o teu bebé fora do sol sempre que possível e, se não conseguires evitar os raios solares, certifica-te de que eles estão a usar roupa que os protege do sol e um chapéu. É importante saber que nem todos os guarda-sóis têm proteção UV. Assim, mesmo que os teus filhos estejam à sombra, continuam a poder queimar-se.

O que deves fazer se o teu filho apanhar um escaldão ou uma insolação?

criança insolação escaldão

3. O erro perigoso do carrinho de passeio

Já tentaste impedir o sol de bater no carrinho do seu bebé cobrindo-o com um cobertor ou um pano? Acontece que, ao tentarmos manter os nossos pequeninos à sombra, podemos na realidade estar a fazer-lhes mais mal do que bem. De facto, mesmo a mais fina das coberturas pode reduzir a circulação de ar e aumentar a temperatura dentro do carrinho de bebé para níveis perigosos!

4. O erro perigoso do carrinho de passeio

Já tentaste impedir o sol de bater no carrinho do seu bebé cobrindo-o com um cobertor ou um pano? Acontece que, ao tentarmos manter os nossos pequeninos à sombra, podemos na realidade estar a fazer-lhes mais mal do que bem. De facto, mesmo a mais fina das coberturas pode reduzir a circulação de ar e aumentar a temperatura dentro do carrinho de bebé para níveis perigosos!

Viajar em segurança com as crianças

Porquê que a segurança em viagem com as crianças é importante

Viajar com crianças pode parecer complicado: seja de comboio, autocarro ou avião, as longas viagens quase nunca são confortáveis, para não falar do quão caras podem ser as férias em família! Apesar disto, descobrir o mundo é uma experiência incrivelmente enriquecedora para as crianças pequenas, o que as pode ajudar a crescer significativamente. Aqui estão 5 dicas para te ajudar a manter a tua família segura e de bom humor.

dicas de viagem com crianças

1. Não te esqueças do kit de primeiros socorros e dos boletins de saúde

Não há necessidade de levar o boletim, mas uma fotocópia da página de vacinas, nunca se sabe se a criança se poderá cortar com algo enferrujado e aí poderás verificar quando lhe foi administrada a vacina contra o tétano... Quanto ao kit de primeiros socorros, com crianças, é essencial!

2. Ensina às crianças informação de identificação importante

Mal eles sejam capazes de aprender, ensina aos teus filhos o seu nome completo, o nome completo da mãe ou a pessoa de referência e o número de telemóvel. Para crianças demasiado jovens para memorizar, podes comprar pulseiras e colocar informações importantes para serem utilizadas nos passeios.

3. Utiliza sempre cadeiras de viagem para crianças

Podem voar em família, mas isso não significa que o teu pequeno não precise de um assento de segurança para se sentar. As crianças com menos de dois anos podem sentar-se no colo, mas devem ter uma cadeira de segurança. Claro que, quando viajam de carro, as crianças devem estar sempre com o cinto nos seus assentos apropriados.

4. Tem cuidado com a alimentação e higiene

A fim de evitarem doenças ou alergias, tentem comer produtos cozinhados sempre que possível. Para evitar que a tua criança fique doente durante a viagem, leva contigo toalhetes húmidos e higienizador de mãos e usa-os frequentemente. Sempre que possível, certifica-te de que os teus filhos lavam as mãos antes das refeições e depois de saírem das lojas, etc.

5. Cria um plano para caso a família se separe

Sempre que planeares ir de férias longas com os teus filhos, certifica-te de que tens sempre um plano B. Poderá haver alturas em que terão de parar em destinos com muita gente, e é aí que existem grandes probabilidades de risco. Definir um local de referência para se encontrar caso se percam uns dos outros, por exemplo, irá ajudar a tua família a ter uma viagem segura.


Agora que sabes como manter a tua família segura este Verão, descobre todas as formas de se divertirem juntos com as nossas atividades, diys, e receitas para crianças.