4 traços essenciais: babysitter

4 traços essenciais: babysitter

Por Babysits, 3 minutos de leitura

Partilhar:

É certo e sabido que a atividade de babysitting exige muita responsabilidade e dedicação. Cuidar de crianças é uma tarefa importantíssima e os pais que contratam esperam deixar os seus filhos ao cuidado de alguém competente. Existem características de personalidades que são essenciais, mas existem também um conjunto de competências que podem ser aprendidas e experiência prática que são insubstituíveis.

1 Personalidade

Gostar de crianças. É essencial ter uma personalidade que se enquadre com a das crianças. Lidar com crianças exige criatividade, motivação, disponibilidade e abertura. Para além destas características, cuidar de crianças é uma tarefa que implica ter paciência para saber lidar com os momentos mais complicados. É preciso saber manter a calma e minimizar a situação de forma controlada.

2 Experiência

Experiência prévia a cuidar de crianças, sejam elas da família ou em âmbito profissional, é uma mais-valia preciosa. É nestas situações que se aprende a lidar com as diversas situações que podem acontecer enquanto se cuida de crianças. Ter à vontade para brincar e saber jogos estimulantes para as entreter. Saber dar à volta à birra e mudar uma fralda. Saber dar refeições e ocupar de forma lúdica o tempo das crianças. Todas estas aprendizagens que são realizadas à medida que se passa tempo com crianças e se cuida delas são imprescindíveis.

3 Formação

É cada vez mais normal esperar-se que uma babysitter tenha um conjunto básico de formações que são relevantes para cuidar de crianças. Entre estas encontram-se as qualificações na área da educação ou da psicologia infantil, o certificado de curso de primeiros socorros ou o conhecimento de línguas estrangeiras.

4 Extras

Tudo o resto que venha em cima das já mencionadas competências e habilidades são um extra que é sempre bem-vindo. Coisas como ter carta de condução e carro pode ser uma grande ajuda para as famílias que precisam de alguém que vá buscar os filhos à escola. Dar apoio com os trabalhos de casa e ter conhecimentos de várias disciplinas pode também ser bastante valioso. Saber cozinhar e preparar refeições é algo que também pode surgir como tarefa.

Nos últimos anos, o grau de exigência esperado de uma babysitter ou cuidadora infantil aumentou imenso. Como tal, os candidatos que desejem ser bem-sucedidos devem possuir um alargado leque de competências e habilidades para serem competitivos. Várias das competências mencionadas acima podem ser trabalhadas em casa de forma gratuita, com recurso a vários materiais online, pelo que recomendamos a todos e todas potenciais babysitters a fazê-lo.