Spread the love

Spread the love

Por Babysits, 4 minutos de leitura

Partilhar:

Como expressas o teu amor pelos outros? Prendas extravagantes, declarações de amor através das redes sociais ou algo mais profundo? É positivo demonstrar o nosso carinho pelos nossos parceiros, pais, filhos, colegas de trabalho, professores ou até babysitters. Sabe bem partilhar o nosso carinho através de gestos simbólicos, sejam eles um abraço, um café ou flores. No entanto, praticar o amor-próprio é igualmente importante. Todos precisamos de tempo a sós e carregar baterias para enfrentar a rotina.

Ensinar as crianças sobre amor-próprio e como expressar amor pelos outros é uma das tarefas mais importantes como pais. Todos os pais querem que os seus filhos cresçam com confiança em si mesmos e que desenvolvam empatia para com os outros. É extremamente importante que os pais ensinem os seus filhos a gostarem de si mesmos e de outros através de palavras e ações. Aqui ficam alguns conselhos úteis neste sentido:

Amor-próprio

É normal os pais e as mães sentirem-se sobrecarregados com a vida familiar. Os pais podem perder o seu sentido de identidade ao verem-se como “pai” ou “mãe” em primeiro plano e como indivíduos em segundo. Não é incomum os pais sofrerem de burnout. É necessário que tirem algum tempo para si mesmos, isto é essencial não só para o seu bem-estar como para o dos seus filhos. Nem todos têm o apoio da família e dos amigos e pode ser difícil arranjar tempo. Para os pais que têm dificuldade em arranjar ajuda, pode ser uma boa opção contratar uma babysitter. Existem várias atividades que os pais podem fazer para aliviar o stress e relaxar depois de um dia intenso. Aqui ficam algumas das nossas ideias favoritas:

  • Jantar com amigos, família ou cara metade
  • Dar um passeio/corrida, libertar endorfinas e aliviar o stress
  • Juntar um grupo de amigos para ajudar a carregar baterias
  • Dia de spa em casa, p. ex. preparar um banho ao som de música relaxante

Rodearmo-nos de pessoas positivas

A comunidade na qual estamos inseridos pode oferecer muito apoio e carinho. Uma comunidade forte pode oferecer várias oportunidades de crescimento como, por exemplo, o voluntariado. As comunidades que existem em proximidade ajudam à manutenção de um bem-estar coletivo. Fazer parte de uma comunidade fechada é importante para obter o apoio necessário para alcançar êxito na vida e ensina as crianças o valor da amizade e como apoiar os amigos.

Ser gentil connosco mesmos

É normal cometermos erros como pais, afinal somos humanos. Nesta situação, existem duas opções: deixamo-nos levar pela derrota ou erguemo-nos novamente. É útil pensar em todas as vezes em que fomos bem sucedidos como pai ou mãe e que vai correr tudo bem. Todos experienciamos dúvidas. Não adianta de nada compararmo-nos aos outros, todos temos um percurso único com os nossos filhos. Nós somos os nossos piores críticos e devemos aprender a relativizar estes pensamentos. As crianças são muito atentas e agem como esponjas, por isso o melhor é manter os pensamentos negativos bem longe.

Dar a outros

Dar a outros pode ser um dos melhores sentimentos do mundo. Isto pode ser tão simples como dar aos avós um abraço ou oferecer um cartão de gratidão personalizado à professora ou à babysitter. Desta forma, as crianças aprendem desde pequenas sobre a importância da partilha e da gratidão. Muitas vezes, os presentes mais baratos são os mais especiais e os que nos ajudam a relacionar com outros.

spread the love

É importante gostarmos de nós próprios e dos outros todos os dias. Isto pode ser tão simples como fazer uma caminhada de 30 minutos ao fim da tarde ou abraçar a babysitter e agradecer-lhe por cuidar dos nossos filhos. Convém lembrar que o amor-próprio é fundamental e pode ajudar os nossos filhos a tornarem-se em adultos com confiança em si mesmos e que sabem dominar as suas emoções.

Precisamos da sua ajuda!
Estamos a fazer um apelo a todos os profissionais de cuidados infantis qualificados para se inscreverem e atualizarem a sua disponibilidade na plataforma Babysits. Ler mais
Queremos ajudar aqueles que estão trabalhar incansavelmente nesta crise e que podem necessitar de babysitters qualificados neste momento: médicos, enfermeiros, farmacêuticos e todos os que continuam a trabalhar para manter os serviços mínimos.
Devem ser seguidas as orientações fornecidas pelas autoridades locais.